Um Projeto: Fundação Estudar
bolsas de intercâmbio AFS

AFS oferece 10 bolsas de intercâmbio para Ensino Médio e Trabalho Voluntário

Por Nathalia Bustamante

A organização sem fins lucrativos AFS abriu a seleção para 10 bolsas parciais de intercâmbio com duração de seis meses em diversos países. As inscrições para as bolsas de intercâmbio AFS estão abertas até o dia 4 de setembro.

O intercâmbio terá início no primeiro semestre de 2018. São 8 bolsas para intercâmbio escolar e 2 para intercambio de trabalho voluntário – sendo que o tipo de bolsa e o país depende do Estado onde o candidato reside. A bolsa para estudar na Alemanha, por exemplo, é oferecida apenas para os residentes do Rio Grande do Sul; já a bolsa para trabalho voluntário na Colômbia contempla candidatos de Alagoas, Bahia e Sergipe.

As bolsas são para:

Alemanha (1 bolsa escolar)

Colômbia (1 bolsa de trabalho voluntário)

Costa Rica (1 bolsa escolar)

Filipinas (1 de trabalho voluntário)

Itália (6 bolsas escolares)

Confira aqui qual é a bolsa oferecida para o seu estado.

O que as bolsas de intercâmbio AFS cobrem

Os selecionados receberão passagens aéreas de ida e volta até o país de destino; seguro médico; hospedagem em casa de família; colocação em escola ou projeto social e livros escolares. Não estão inclusas no pacote das despesas com emissão de visto e passagens domésticas no Brasil, se necessário.

Os candidatos selecionados deverão pagar uma taxa de 500 dólares, referente à adesão ao programa. Esta taxa é paga após a seleção final de pode ser realizada através de boleto ou parcelada no cartão de crédito.

Leia também: Atividades extracurriculares no Ensino Médio: quais, quando e por quê?

Quem pode se candidatar

Para se candidatar às bolsas escolares, o candidato deve estar cursando o primeiro ou segundo ano do ensino médio em 2017, ter médias acima de 8 no boletim, não ter reprovação no histórico escolas e ter renda familiar bruta de até 6 mil reais. Entre os documentos solicitados estão uma carta de recomendação de um professor, carta dos pais ou responsáveis e comprovante de renda familiar. Não é necessário comprovar proficiência no idioma do país de destino.

Já quem pretende se candidatar às bolsas de Trabalho Voluntário deve ter mais de 18 anos, ser proativo, comunicativo e independente e demonstrar histórico e comprometimento com trabalho voluntário. Também é necessário comprovar renda familiar bruta de até 6 mil reais. Neste caso, é necessário enviar o histórico escolar mais recente, currículo e carta de recomendação de local onde já foi ou é voluntário.

As inscrições são feitas online até o dia 4 de setembro, às 9 horas da manhã. No dia 11 de setembro serão divulgados os 100 finalistas, que irão participar da seleção local de acordo com o seu estado.

Confira mais informações no site oficial e tire suas dúvidas no FAQ.

* Foto: Divulgação/AFS

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo