Bolsas para cursos curtos de aperfeiçoamento profissional em Israel

Estudar em Israel
Na foto, cúpula da Rocha, em Jerusalém

A Oraganização dos Estados Americanos (OEA) está oferecendo 500 bolsas para cursos curtos de aperfeiçoamento profissional em Israel, no Galilee International Management Institute (GIMI). Os cursos têm duração de 12 a 14 dias e começam entre julho e dezembo de 2019, dependendo do curso. As inscrições vão até dezembro.

Há cursos disponíveis sobre diversos temas, desde gestão de recursos humanos até inovações bancárias e estratégias financeiras. Um calendário completo dos cursos disponíveis no segundo semestre pode ser visto aqui. Em todos os casos, as bolsas de estudo cobrem integralmente os tuition fees dos cursos, que chegam cerca de US$ 3.000 (R$ 11.600). O estudante aidna terá que arcar com despesas de acomodação, alimentação e transporte, no entanto.

Quem pode se candidatar

As bolsas para cursos curtos de aperfeiçoamento profissional em Israel oferecidas pela OEA são voltadas para profissionais que já concluíram a graduação e têm ao menos 5 anos de experiência em cargos de gestão. Esses candidatos devem se inscrever para os cursos do GIMI que desejaram. O GIMI encaminhará sua candidatura à OEA, que então enviará aos candidatos elegíveis o formulário de inscrição.

Além do formulário de inscrição, também será preciso providenciar os seguintes documentos:

  • Carta de recomendação de contato profissional ou professor universitário;
  • CV;
  • Um essay com 800 a 2900 caracteres descervendo “como a participação nesse curso melhorará suas habilidades profissionais, e impactar diretamente sua instituição, comunidade e país”;
  • Cópia de um documento de identidade (passaporte ou RG).

Mais detalhes sobre os critérios de eligibilidade podem ser vistos no edital das bolsas.

Candidatura

Para se candidatar às bolsas da OEA, é necessário primeiro completar sua candidatura ao curso desejado no GIMI. O instituto enviará os dados dos candidatos elegíveis à OEA, que então enviará o formulário de inscrição a eles por e-mail.

Ao receber o formulário, é necessário preenchê-lo e anexar todos os documentos listados acima. Os documentos devem ser combinados em um único arquivo PDF cujo tamanho não pode ultrapassar 5MB. Os candidatos serão selecionados com base em sua experiência profissional e acadêmica, potencial de impacto para seu país e comunidade, e diversidade de gênero.

Não há um prazo máximo para as inscrições. No entanto, é necessário observar a data-limite de inscrição para os cursos da GIMI. Os últimos cursos têm in[icio em dezembro, e a inscrição deve ser feita com antecedência para que a bolsa possa ser avaliada.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: